Newsletter

“Chi dice che l'arte non deve propagandare dottrine si riferisce di solito a dottrine contrarie alle sue.”

— Jorge Luis Borges

Andityas Soares de Moura - poeta / filosofo

  • Site: Opere di Soares de Moura ne "Il Convivio"

Andityas Soares de Moura / Membro Onorario

Andityas Soares de Moura, mineiro de Barbacena, é poeta, tradutor e ensaísta, além de mestre em Filosofia do Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais e professor universitário. No campo da filosofia jurídica o autor lançou recentemente o estudo Filosofia do direito e justiça na obra de Hans Kelsen, Belo Horizonte, Del Rey, 2005.

Publicou os seguintes poemários: Ofuscações, Barbacena, edição do autor, 1997; Lentus in umbra (Barbacena, edição do autor, 2001; OS enCANTOS, Belo Horizonte, in vento, 2003; e FOMEFORTE, Belo Horizonte, in vento, 2005. Lentus in umbra foi traduzido para o castelhano pelo poeta e professor Francisco Álvarez Velasco e lançado na Espanha, Gijón, Trea, 2002.

Selecionou, introduziu, traduziu e anotou os poemas da escritora galega Rosalía de Castro reunidos em A rosa dos claustros, Belo Horizonte, Crisálida, 2004. Traduziu três livros do poeta argentino Juan Gelman, dentre os quais, em parceria com o poeta e tradutor Leonardo Gonçalves, Isso, Brasília, UnB, 2004. Tem traduções inéditas do catalão Joan Brossa, do galego Manuel Antonio e de poemas eróticos do renascimento francês. Organizou uma edição da Lírica de Luís de Camões, Belo Horizonte, Crisálida, 2004.

Participou de várias antologias poéticas como, por exemplo, Homenaxe poética ao trobador Xohán de Requeixo, Barcelona, Frouseira, 2003. No campo da crítica literária tem editado em Portugal o estudo A letra e o ar: palavra-liberdade na poesia de Xosé Lois García, Lisboa, Universitária, 2004.

Pubblicazioni

Há poemas, traduções e ensaios de Andityas Soares de Moura em diversos periódicos nacionais e estrangeiros tais como "Poesia Sempre", "Suplemento Literário de Minas Gerais, Rascunho, Babel; Poiésis"; "A Cigarra, Literatura"; "Estilingue, Jalons" (França); "Il Convivio" (Itália); "Palavra em Mutação" (Portugal); "Saudade" (Portugal); "Entreletras: livros e escritores" (Portugal); "Oficina de poesia: revista da palavra e da imagem" (Portugal);"Arquitrave" (Colômbia); "Arte Almänte" (Colômbia) e "Fronteras" (Costa Rica).

  • Nel 2005 ha pubblicato lo studio filosofico del diritto e della giustizia nel lavoro di Hans Kelsen, Belo Horizonte, Del Rey.
  • Ha tradotto tre libri del poeta argentino Juan Gelman in collaborazione con il poeta e traduttore Leonardo Gonçalves.
  • Ha tradotto testi inediti del poeta catalano Joan Brossa e poesie erotiche del Rinascimento francese.
  • Nel 2004 in ambito critico-letterario ha lavorato al progetto "La libertà di parola" poesia di Xosé Lois Garcia, per l'Università di Lisbona.
  • Ha pubblicato poesie, saggi e traduzioni in diverse riviste nazioni ed internazioni di prestigiosa valenza nel mondo letterario.
  • Nel 2006 è Membro Onorario del Centro Studi e Ricerche "Aleph".